top of page

Crescer dói

30 de maio de 2023 foi um dos piores dias da minha vida. Duas semanas depois, me peguei perguntando pra minha terapeuta algo que eu sei e que, vira e mexe, os pacientes me perguntam "Pq que tem que ser tão difícil?". Só que ao contrário de mim, ela respondeu "Fernanda, a vida vai quebrando a gente conforme necessidade". Pá!


É horrível pensar que pra crescer, aprender, evoluir a gente vai ter que sofrer. Mas é assim. Crescer dói. Aprender não é fácil. 

Claro que no meio do caminho (que parece que nunca vai terminar) a gente se pergunta "mas o que exatamente eu tenho que aprender com isso?". Ou a minha das últimas semanas "Eu não tô entendendo a mensagem". Que merda!!! A gente pode não entender, mas que a gente sente, ô se a gente sente! Como sente! Vai ver é isso que a gente precisa: parar e sentir. Parar de ignorar os sentimentos. Nossas faltas. E a nossa vulnerabilidade.


Quando estamos em fases difíceis a gente se perde, se questiona, fica vulnerável, regride, quer apenas deitar em posição fetal e chorar até tudo acabar e se resolver magicamente. Pq precisa acabar. Sempre acaba. Mesmo parecendo que não. A gente pode até não entender a mensagem, mas não podemos ignorar que recebemos. Que tem algo pra ser olhado e cuidado.


O ser humano precisa fechar ciclos. Responder questionamentos. Resolver pendências. Pq tudo que tá aberto, não resolvido,  não olhado, não falado, não percebido, vai acumulando e vamos levando na mochila. Vai pesando. Vai paralisando. E a vida, além de sofrimento é movimento. Dias de luta e dias de glória.  E repeat. 


A vida nos quebra pq nossa rigidez e nossas  certezas impedem nosso crescimento como ser humano. E, dependendo da rigidez, se a gente não entende isso "no amor", só uma britadeira pra dar jeito! Estamos em constante construção. Mudando, nos adaptando,  aprendendo, percebendo, ressignificando. Descontruindo pra (re)construir.  E repeat.

Comments


Textos
Search By Tags
bottom of page