top of page

Sobre aceitar não saber

Comprei uma mamadeira nova. E após uma bela mamada, sem gritos de refluxo, nem gorfadas, pensei "Cacete, será que eu piorei as cólicas do meu filho por causa da mamadeira?" (que jura ter um sistema alemão anticólica comprovadíssimo pela ciência e experiência de poucas centenas de mães)


E, realmente, essa é uma resposta que nunca teremos. Pq deus me livre voltar tudo de novo pra testar (nem que fosse possível voltar no tempo eu escolheria isso. Never, nunquinha, jamé!!). Assim como meu neuro me diz quando pergunto sobre algum sintoma "pode ser que sim e pode ser que não" E essa é a única resposta possível. E ficamos com o único saber que é: vamos errar, vamos acertar, e tem coisas que não vão ter nenhuma relação com nossos acertos e erros. Elas apenas são🤷‍♀️


Mães não são seres mitológicos, oniscientes e onipotentes. Por mais que algumas façam parecer, por mais que algumas (ou muitas?) acreditem (ter que) ser. 


Ser mãe é ser falha e, justamente por isso, ser completa. Ser a melhor que pode ser com aquilo que tem. Responder unicamente às necessidades do filho é o que precisamos buscar, eliminando os ruídos e expectativas do mundo (da sogra, da mãe, das vizinhas, das amigas, da secretária do pediatra etc).


Perguntei pro pediatra "Mais ou menos quando ele vai dormir a noite toda?" a resposta (óbvia) "eu não tenho bola de cristal". E ninguém tem (bom, algumas pessoas até têm, mas esse não é o ponto). A gente não tem como prever o que vai acontecer, assim como não sabemos se o que fizemos (ou não) foi a causa de algo. Causa é diferente de correlação. Minha super mamadeira anticólicas pode ter piorado as cólicas do meu pequeno? Pode. Pode ter ajudado? Tb pode. Pode não ter feito a menor diferença? Provável.


Então, como diria Chorão (no que eu considero o melhor verso pra uma jovem mãe) "Histórias, nossas histórias, dias de luta dias de glória". Pq a maternidade é isso: um dia de cada vez, um dia após o outro, um dia bom e outro desafiador. Ou tudo isso junto no mesmo dia. Regado a muita baba e cocô fedido.


PS: Venho do futuro dizer que meu filho demorou 8 meses pra dormir a primeira noite inteira. Depois, só firmou mesmo com 2 anos. Boa sorte!!

Comments


Textos
Search By Tags
bottom of page